O Cronograma Capilar – O QUE É, COMO FAZER.

ad84c4e90c6b4ab4486b8773a314e881Olá você, querido leitor/leitora que está aqui de passagem porque viu no facebook ou procurou no google por cronograma capilar, devo lhe dizer algo: Você está no lugar certo, continue lendo e não te arrependerás.
Pra começar, vou contar do problema que estou enfrentando: Ressecamento e queda dos fios, devido a um excesso de química que usei recentemente para fazer um ombré no cabelo (CONFIRA AQUI UM POST SOBRE OMBRÉ HAIR).
Todo mundo sabe, descoloração ACABA com as pontas e descobri isso da pior maneira, mas fui buscar minhas alternativas para deixar a situação menos catastrófica e então resolvi compartilhar com vocês!

Antes de qualquer coisa, devo dizer que o sucesso de qualquer tratamento capilar que você se proponha a fazer, dependerá bastante da sua alimentação, da situação do cabelo e do seu nível de disciplina, XÔ PREGUIÇA!
Muita gente acha que comprar mil produtos caríssimos e comer muita porcaria bebendo pouca água vai ajudar em algo… PEEEEEM! Errado (eu não sou das melhores em falar sobre comer porcaria, porque sou uma falsa magra e amo comer, mas estou trabalhando naquela de beber muita, mas muita água).
Então, tenha em mente que uma boa alimentação e hidratação do corpo, são extremamente necessários colega, e se não fosse por isso (e o dinheiro, é claro) a Gigi (Gisele Bündchen) não teria aquela coisa maravilhosa na cabeça.

O cronograma capilar, foi algo que alguém com muita sabedoria inventou para salvar cabelos, e consiste num processo semanal em que você irá repor, por etapas, os nutrientes que seu cabelinho perde com químicas e agentes externos como vento, poeira, sol, poluição etc.

Eu estou na segunda semana do meu cronograma, e devo dizer que houve uma melhora substancial no aspecto dos fios, mas de uma coisa você deve ter certeza: Cada cabelo levará seu tempo para se recompor, e não pense que quando isso acontecer, você deverá parar com o tratamento… não não, lei do engano! Você irá diminuir a frequência de aplicações, mas não é  legal parar.

Tendo isso em mente, apresentarei pra vocês minha tabela:

tabela

Vocês poderão fazer seu próprio cronograma, mas duas dicas que eu dou são: Não faça a reconstrução antes da hidratação e não faça mais de 2 reconstruções por mês se seu cabelo não estiver completamente detonado,  porque do mesmo jeito que a falta faz mal, o excesso dessas coisas também faz.

Agora, vou explicar direitinho como cada etapa vai funcionar e como você deve escolher as máscaras para aplicar em cada uma delas. Algumas máscaras que possuem rótulos como “super reconstrutoras” ou “máscara nutritiva” na verdade são hidratantes e vice versa, por isso é bom ficar de olho nos componentes. Mas enfim, não é tão difícil quanto parece!

 

NA HIDRATAÇÃO

Aqui você vai repor a água dos fios. As máscaras de hidratação serão compostas geralmente de extratos vegetais (plantas ou frutos), aloe vera, pantenol, silicones, vitaminas, sacaroses tipo mel e proteínas hidrolisadores como seda, soja e arroz.
É nessa etapa que você vai ganhar um efeito de cabelo macio e suave. Você pode potencializar essa parte com o queridinho Bepantol líquido.
Aqui vai alguns exemplos de máscaras famosas que você pode utilizar, algumas mais caras, outras mais baratinhas.

hidratação

Creme de Tratamento Hidratação Profunda – TRESemmé
Máscara de Hidratação Intensa – Pantene
Másca Super Hidratante para Cabelos Secos, Volumosos e Sensibilizados Real Control – Redken
Máscara Nutritiva Hydra-Crème Biolage Hydrathérapie – Matrix
Banho de Creme Antiqueda – Bio Extratus
Tratamento Proteico Intenso Midollo di Bamboo – Alfaparf

 

NA NUTRIÇÃO

Aqui é onde acontece a reposição lipídica do cabelo, neste caso, a reposição da oleosidade dos fios. As máscaras de nutrição vão conter óleos vegetais (argan, girassol, macadâmia, monöi, ojon, amêndoas, semente de uva, coco, linhaça, oliva), manteigas como as de karité e cacau, tutano e ceramidas.
É nessa etapa que você vai conseguir reduzir o frizz, e dar um maior efeito de peso nos cabelos, o que vai te dar um ar de cabelo sedoso. Abaixo, alguns exemplos.

NUTRIÇÃO

Banho de Creme Extrato de Tutano, Ceramidas e Manteiga de Karité – Bio Extratus
Máscara Shitake Plus – Bio Extratus
Máscara Capilar Ultra Hidratante NativaSPA de Monoí & Argan – Boticário
Máscara de Hidratação OM – Yenzah
Máscara de Hidratação Mandioca – Haskell
Creme de Tratamento Óleo de Coco – Novex
Creme de Tratamento Azeite de Oliva- Novex
Moisture recovery – Joico

 

NA RECONSTRUÇÃO

Essa é a parte, na minha opinião, mais importante. ALERTA: NÃO ECONOMIZE. Máscaras mais comuns de reconstrução, as bem comerciais, não possuem um efeito tão legal porque a concentração de ativos tende a ser menor, então invista numa boa máscara reconstrutora.
Aqui você vai repor as proteinas, a massa dos fios. As máscaras vão conter queratina, arginina, cisteína e colágeno. Geralmente, elas terão um tempo menor de ação nos cabelos e você pode melhorar a ação dessa etapa, utilizando queratina líquida, por exemplo, na máscara ou no próprio cabelo, com ou sem enxágue.
É nessa etapa que você ganha força nas madeixas.
Hora dos exemplos, alguns inclusive muuuuuuuuito famosos pelo precinho maravilhoso, SQN.

reconstrução

Máscara Restauradora Gold Black – Amend
Máscara Absolut Repair – L’oréal
Máscara Capilar Queravit – Bio Extratus
Creme de Tratamento Fortificante Arginina Resist x3
Máscara Reconstrutora Queratina – Tutanat
Máscara Reestruturante Repair Rescue – Bonacure
Máscara Capilar Extreme – Redken
Complexo Reconstrutor da Acquaflora
Máscara Reconstrutora Age Recharge – Kerastase

Se  vocês souberem de mais produtos legais, compartilhem aqui! Espero que tenham gostado. Até a próxima.